Padrões éticos

/Padrões éticos
Padrões éticos2018-11-20T04:37:50+00:00

Trashumante. Revista Americana de História Social está comprometida com os mais altos padrões éticos relacionados ao processo de publicação acadêmica. A prevenção da negligência é uma das mais importantes responsabilidades da Direção e do Conselho Editorial. Nenhum comportamento antiético é aceitável. Por conseguinte, deve haver um consenso sobre padrões de comportamento ético entre todas as partes envolvidas no processo de publicação da revista: autores, editores e avaliadores. Ao enviar um artigo ou resenha, entende-se que o autor ou autores aceitam as seguintes políticas, que são baseadas no Código de Conduta para os Editores de Revistas (Code of Conduct for Journal Editors) emitido pelo COPE (Committee on Publication Ethics).

 

OBRIGAÇÕES DOS AUTORES

 

Originalidade e plágio

Os autores que enviam um manuscrito para a revista comprometeram-se que o seu conteúdo é totalmente original e deveram dar o devido reconhecimento a obra dos outros. Os autores devem indicar todas as fontes e citar todas as publicações que utilizaram para escrever o seu texto.

Autoria do manuscrito

A autoria do manuscrito deve ser limitada a aqueles que fizeram uma contribuição significativa para a sua elaboração. Todos os autores devem ter visto e aprovado a versão submetida à avaliação da revista.

Reconhecimento das fontes

Todos os dados subjacentes devem ser devidamente citados no texto, de acordo com as disposições das Normas Para Apresentação de Artigos.

Cada artigo deve conter detalhes e referências suficientes para permitir o leitor a identificação das fontes da obra. As declarações fraudulentas ou deliberadamente incorretas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

Publicação multiple, redundante o simultânea

O autor garante que o seu artigo não foi publicado em nenhum idioma, total nem parcialmente, e que tampouco está sendo avaliado para ser publicado em outra publicação.

Os autores não devem publicar manuscritos que descrevem essencialmente a mesma pesquisa (investigação) em mais de uma revista ou publicação primária. Enviar o mesmo manuscrito para duas revistas é um comportamento antiético e inaceitável.

O manuscrito não deve ser visível ao público em qualquer fonte antes da conclusão do processo de avaliação. Se o manuscrito for aprovado para sua publicação, não deve ser divulgado por nenhum meio, até que Trashumante. Revista Americana de Historia Social decida sua publicação. Qualquer outra disponibilidade do manuscrito em questão deve ser redirecionada ou referida à publicação na revista. O artigo deve ser tratado pelo autor sempre citando a Trashumate. Revista Americana de Historia Social, como fonte primaria da publicação.

Autorização para uso de materiais gráficos

Os autores devem ter autorização por escrito ou consentimento para a publicação de qualquer material gráfico em seu artigo e deve apresentar essa documentação aos editores.

Erros graves nos artigos publicados

Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão no seu artigo, após sua publicação, é a sua obrigação notificar aos editores da revista.

 

OBRIGAÇÕES DOS EDITORES

Detecção de possíveis plágios

Para a detecção de possíveis plágios, Trashumante deposita total confiança na experiência de seus avaliadores para reportar qualquer suspeita de plágios (detecção/identificação), e, se ocorrerem, exigirá dos membros da equipe editorial a revisão da secção ou secções do texto sob suspeita para, em primeira instância, fazerem uma comparação com os textos assinalados como originais e, se for necessário, recorrerem às ferramentas informáticas para fazê-lo. No caso de identificação de um plágio, Trashumante comunicará ao autor com as devidas referências, tratará de notificar aos proprietários dos direitos originais e retirará o texto do processo editorial vetando ao autor a possibilidade de publicar em Trashumante no futuro.

Decisões para a publicação

Os editores da revista são responsáveis por decidir quais artigos recebidos devem ser publicados.

Para esta decisão devem guiar-se pelas políticas do Conselho Editorial e em todos os momentos cumprir as normas legais relativas à difamação, violação de propriedade intelectual e plágio. Os editores podem consultar com outros editores ou avaliadores para tomar suas decisões.

Com base nas opiniões dos avaliadores, os editores podem aceitar, rejeitar ou exigir alterações em um manuscrito.

Revisão dos manuscritos

Cada manuscrito deve ser submetido a uma revisão inicial pelos editores para garantir a sua originalidade e relevância acadêmica de acordo com a Política Editorial. Depois de passar por este filtro, o manuscrito é enviado para dois ou três avaliadores para a revisão por pares anônimos (ver Política Editorial), cada um dos quais deve aceitar, rejeitar ou modificar o manuscrito.

Imparcialidade

Os editores avaliaram os manuscritos de acordo com a sua qualidade intelectual ou acadêmica, independentemente da nacionalidade, raça, sexo, preferência sexual, ou posição política dos autores, nem nenhum interesse pessoal.

Confidencialidade

Nem os editores nem o equipe editorial pode divulgar nenhuma informação sobre manuscritos, exceto o autor, os avaliadores e outros conselheiros editoriais.

O conteúdo dos manuscritos não publicados não pode ser utilizado na pesquisa (investigação) dos editores sem a aprovação do autor.

 

OBRIGAÇÕES DOS AVALIADORES

 

Contribuição para as decisões editoriais

A revisão pelos pares anônimos ajuda os editores a tomar decisões sobre a pertinência para publicar os manuscritos recebidos (ver Política Editorial). Cada árbitro emitirá recomendações para aceitar, rejeitar ou modificar o manuscrito. Também pode ajudar ao autor a melhorar seu texto.

Confidencialidade

Os manuscritos e a informação sobre eles que os avaliadores receberem devem ser tratadas como confidenciais. O conteúdo não deve ser mostrado ou discutido com os outros, salvo pela autorização dos editores.

Padrões de objectividade

Os avaliadores devem atuar de forma objetiva. As críticas pessoais para o autor são inadequadas. Os avaliadores devem expressar suas opiniões e fundamentá-las claramente com argumentos.

Reconhecimento das fontes

Os avaliadores devem identificar obras relevantes já publicadas que não foram citadas pelos autores.

Devem garantir que o autor reconheceu devidamente todas as fontes usadas em seu artigo. Qualquer semelhança ou sobreposição entre os manuscritos em consideração e qualquer obra publicada que o juiz tenha conhecimento deve ser indicada para os editores.

Declaração de conflito de interesses

A informação privilegiada ou as ideias obtidas através do processo de revisão deve ser confidenciais e não podem ser utilizadas para benefício pessoal. Os avaliadores não devem rever artigos nos que têm conflitos de interesse decorrentes de relações de colaboração ou qualquer outra relação com os autores ou instituições associadas com os artigos.

Tempo de resposta

Se um árbitro selecionado considera-se incapaz de rever o manuscrito no tempo limite, deve notificar os editores e escusar-se do processo de revisão, a fim de que o manuscrito possa ser enviado para outro avaliador.

Trashumante. Revista Americana de Historia Social por Universidad de Antioquia / Universidad Autónoma Metropolitana, unidad Cuajimalpa

 Se distribuye bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-SinDerivar 4.0 Internacional

New Courses

Contact Info

1600 Amphitheatre Parkway New York WC1 1BA

Phone: 1.800.458.556 / 1.800.532.2112

Fax: 458 761-9562

Web: ThemeFusion

Posts recentes